CONVENÇÃO CONTRA ASSÉDIO NO AMBIENTE DE TRABALHO APROVADA PELA OIT

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) aprovou uma nova convenção contra violência e assédio no ambiente de trabalho, durante a conferência anual da OIT, ocorrida em Genebra, após 4 anos de negociação. Para a advogada, Maiara Colpani a nova convenção representa um grande passo na defesa e salvaguarda dos direitos humanos no ambiente de trabalho, uma vez que reconhece de forma pontual que o assédio e a violência ocorrida no ambiente de trabalho podem constituir em uma violação ou abuso de direitos humanos.

O objetivo da nova orientação normativa visa a proteção de todo e qualquer trabalhador, independente da função exercida e status contratual, o que inclui pessoas em treinamento, estagiários, aprendizes, voluntários, ex-empregados e candidatos a emprego.

A Convenção reconhece ainda que, “os indivíduos que exercem a autoridade, deveres ou responsabilidades de um empregador também podem ser sujeitos à violência e assédio.” De acordo com a advogada Maiara Colpani, do Viseu Advogados, tal inclusão é importante por que expressa a preocupação dos Estados na preservação da dignidade humana no trabalho e da não aceitação de situações de violência e assédio, assim como no intuito de promoção de medidas de proteção mais enérgicas e eficazes pelas instituições.

A nova Convenção cobre a violência e o assédio que possam ocorrer no local de trabalho; lugares onde um trabalhador é pago, descansa ou faz um intervalo para refeição, ou usa instalações sanitárias, de lavagem ou de troca; durante viagens relacionadas ao trabalho, viagens, treinamento, eventos ou atividades sociais; comunicações relacionadas com o trabalho (incluindo através de tecnologias de informação e comunicação), em alojamento fornecido pelo empregador; e quando se deslocam de e para o trabalho. Também reconhece que a violência e o assédio podem envolver terceiros.

A Convenção entrará em vigor 12 meses após a ratificação de dois Estados membros.


POR MAIARA COLPANI

Trabalhista

(11) 3185-0245

mcolpani@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

IMÓVEL SAI ATÉ 40% MAIS BARATO EM LEILÃO, MAS COMPRA EXIGE CUIDADOS

Comprar um imóvel em leilão pode garantir um desconto de até 40% em relação ao seu valor de mercado. Mas, antes de dar o lance, é necessário investigar se há dívidas relacionadas ao imóvel, seu estado de conservação e ler o edital de venda com cuidado para não sair no prejuízo. Existem dois tipos de…

VER MAIS

VISEU ADVOGADOS PROMOVE DISCUSSÃO ESTRATÉGICA SOBRE FINANÇAS DOS DEPARTAMENTOS JURÍDICOS: ORÇAMENTO E PROVISIONAMENTO

O evento: Finanças dos Departamentos Jurídicos: Orçamento e Provisionamento organizado por Viseu Advogados na última sexta-feira, dia 02 de junho de 2017, contou com a presença de mais de 40 líderes de destaque de departamentos jurídicos de renomadas empresas no Brasil. Na ocasião, foram discutidos temas relevantes para o orçamento dos Departamentos Jurídicos das empresas,…

VER MAIS

LUCIANA LANNA NA CÂMARA DE COMÉRCIO BRASILEIRA NO JAPÃO| DIREITO AMBIENTAL

A Câmara de Comércio Brasileira no Japão envia regularmente boletim eletrônico aos associados. Na edição de junho, o artigo foi escrito pela advogada Luciana Lanna, da Viseu Advogados. Ela escreveu sobre os cuidados que uma empresa deve ter a respeito da Lei Ambiental no Brasil. Luciana é advogada especialista em Direito Ambiental e professora de…

VER MAIS

2019 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa