ENCERRA EM 30 DE ABRIL O PRAZO PARA APROVAÇÃO DE CONTAS 2021

O Código Civil e a Lei de Sociedade Anônima, determinam a obrigação das sociedades empresárias de nos 4 (quatro) meses seguintes ao término do exercício social realizarem Assembleia Geral Ordinária e Assembleia/Reunião de Sócios (“Assembleias”). 

Desta forma, encerra-se em 30 de abril de 2021 o prazo para as sociedades anônimas e limitadas de realizarem as Assembleias para a aprovação das contas referente ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2020. Neste contexto, as sociedades limitadas deverão realizar a Assembleia de Sócios, nos termos do artigo 1.078, do Código Civil,  para deliberar sobre os seguintes temas:

I – tomar as contas dos administradores e deliberar sobre o balanço patrimonial e o de resultado econômico;

II – designar administradores, quando for o caso;

III – tratar de qualquer outro assunto constante da ordem do dia.

De igual forma, as Sociedades Anônimas deverão em Assembleia Geral Ordinária, nos termos do artigo 132 da Lei de Sociedade Anônima, deliberar sobre:

I – tomar as contas dos administradores, examinar, discutir e votar as demonstrações financeiras;

II – deliberar sobre a destinação do lucro líquido do exercício e a distribuição de dividendos;

III – eleger os administradores e os membros do conselho fiscal, quando for o caso;

IV – aprovar a correção da expressão monetária do capital social (artigo 167).

Por fim, vale ressaltar que as Sociedades Anônimas, com exceção das companhias de capital fechado e com menos 20 (vinte) acionistas e patrimônio líquido de até R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais), e as Sociedades Limitadas de grande porte, a sociedade ou conjunto de sociedades sob controle comum que tiver, no exercício social anterior, ativo total superior a R$ 240.000.000,00 (duzentos e quarenta milhões de reais) ou receita bruta anual superior a R$ 300.000.000,00 (trezentos milhões de reais), deverão publicar no diário oficial ou em outro jornal de grande circulação editado na localidade em que está situada a sociedade empresária as demonstrações financeiras, comumente chamadas de “balanço”, sendo que as publicações deverão ocorrer em até 5 (cinco) dias antes a data de realização das Assembleias.

Nossa equipe de Direito Societário e Empresarial do Viseu Advogados está à disposição para maiores esclarecimento, auxílio na publicação das demonstrações financeiras e elaboração das atas de Assembleia.


POR TATIANA FERRARI

Societário

(11) 3185-0222

tferrari@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

O MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL: PANDEMIA E EVOLUÇÃO

Leonardo Cotta Pereira, sócio da área de Mercado de Capitais do Viseu Advogados, publicou artigo na coluna de Fausto Macedo, do Estadão, sobre o crescimento do mercado de capitais brasileiros durante a Pandemia de Covid-19, e ressaltou o esforço empreendido pelas autoridades brasileiras para criar novos estímulos e mecanismos no mercado de capitais, objetivando diversificar a base de investidores e ampliar o número de empresas acessando o mercado.

VER MAIS

JUSTIÇA FEDERAL PERMITE EMISSÃO DE CERTIDÃO FISCAL A CONTRIBUINTES INADIMPLENTES

A equipe de Direito Tributário do Viseu Advogados elaborou informativo sobre as recentes decisões exaradas pela Justiça Federal de Minas Gerais, que vem permitindo a emissão de certidão de regularidade fiscal para empresas inadimplentes.

VER MAIS

GOVERNO FEDERAL REGULAMENTA USO DO BLOCKCHAIN PARA O COMÉRCIO EXTERIOR

O Governo Federal publicou o Decreto 10.550/2020, que regulamenta o uso da Blockchain no Brasil para o Comércio Exterior.

Através desta tecnologia, dentre outras concessões, os documentos não precisam mais ser assinados manualmente ou com o uso de certificado digital bastando a autenticação via blockchain. A equipe do núcleo de Direito Digital do Viseu Advogados explica no informativo como se dará o uso dessa tecnologia nas relações aduaneiras:

VER MAIS

2021 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa