PANDEMIA FEZ CRESCER DEMANDA POR “SECONDMENT JURÍDICO”

No meio jurídico, a prática de alocar advogados de um escritório em departamento jurídicos de empresas é conhecida como “secondment”. Desde o início da pandemia, a demanda por esse tipo de serviço tem crescido de maneira significativa. O escritório Viseu Advogados tem um núcleo de secondment desde 2009. Com a pandemia, a banca viu o número de advogados alocados mais do que dobrar de um ano para outro.

Em março de 2020, quando começaram a surgir as primeiras medidas de restrição no Brasil para enfrentamento da pandemia, o escritório tinha 30 advogados alocados nos seus clientes. Nos últimos 12 meses fizeram mais de 100 projetos de alocação de advogados em regime de secondment. Com o aumento da demanda, a banca pretende investir em tecnologia e na contratação de pessoas para recrutar e gerir os advogados alocados.

Gustavo Viseu, sócio fundador do escritório, avalia que o crescimento do secondment jurídico é uma tendência mundial: “com a possibilidade do trabalho remoto, os departamentos jurídicos tem preferido advogados dedicados ao time para atender as demandas internas”. Segundo ele, embora o secondment seja uma prática antiga de mercado, o diferencial do Viseu Advogados é ter uma área exclusiva para selecionar, alocar e monitorar os profissionais: “provavelmente somos o único escritório de advocacia no Brasil que possui um núcleo de secondment estruturado”, afirma.

A advogada Carla Silvério, que é sócia do Viseu Advogados e responsável pelo núcleo de Secondment, explica que o objetivo da área é atender empresas que necessitam de advogados por um período determinado, seja para cobrir um aumento de demanda sazonal de trabalho, um projeto específico, uma substituição de empregado afastado ou durante o período de licença maternidade, dentre outras diversas situações.

“Minha equipe de gestão tem advogados experientes em recrutamento jurídico, que entendem as demandas dos clientes, conhecem muito bem o mercado jurídico, e sabem selecionar o profissional certo para cada projeto”, diz. Conta que pelo fato do Viseu Advogados ter se tornado referência em secondment, surgiram clientes novos, que acabaram demandando serviços jurídicos de outras áreas do escritório. ”Muitos clientes nos procuram pelo secondment e acabam contratando também a consultoria de outras áreas do escritório” afirma.


POR CARLA FREIRE MOREIRA SILVERIO

Secondment

(11) 3185-0188

csilverio@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

TJ-SP SUSPENDE COBRANÇA DE ALUGUÉIS SEM EXIGIR GARANTIA

Recentemente, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo proferiu decisão suspendendo a cobrança de aluguéis, taxas e multas de uma rede de restaurantes, sem necessidade de oferecer garantia. Giselle Esteves Vergal Lopes, sócia da área imobiliária do Viseu Advogados, foi entrevistada pelo Valor Econômico sobre a recente decisão e seus impactos.

VER MAIS

O COMPLIANCE E O PAPEL DA ADVOCACIA NA LEI DE LAVAGEM DE DINHEIRO

Carla Rahal, sócia da área de Penal Empresarial do Viseu Advogados e Presidente da Comissão de Criminal Compliance do IASP, participará como moderadora da reunião ordinária da Comissão Especial de Estudos de Compliance da OBA/SP, que discute “O Compliance e o papel da advocacia na Lei de Lavagem de Dinheiro”. O evento ainda contará com os palestrantes Juliano Breda, Conselheiro…

VER MAIS

SENADO APROVA PL 4.554/20 QUE AGRAVA PENAS PARA FRAUDES EM MEIO ELETRÔNICO, CONECTADO OU NÃO À INTERNET

Foi aprovado ontem (26) pelo Senado Projeto de Lei que agrava penas para fraudes no meio eletrônico, conectados ou não à internet. Carla Rahal Benedetti, sócia da área de Penal Empresarial do Viseu Advogados, foi entrevistada pelo Portal Crypto ID sobre o assunto, e ressaltou a necessidade da cooperação internacional de informações para provedores estrangeiros, especialmente com a vigência da LGPD.

VER MAIS

2021 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa