MINISTRO DO STF SUSPENDE PROCESSOS QUE DISCUTEM A VALIDADE DE NORMA COLETIVA QUE RESTRINGE DIREITO TRABALHISTA

O ministro Gilmar Mendes, do STF, determinou a suspensão nacional de processos que envolvam a discussão da validade de norma coletiva que limita ou restringe direito trabalhista não assegurado constitucionalmente.

A decisão foi proferida em recurso interposto contra a Mineração Serra Grande S/A, de Goiás, em que se discute a validade de cláusula de acordo coletivo que afastava o pagamento de horas de trajeto (in itinere) pelo tempo de ida ou de retorno do trabalho com veículo fornecido pela empresa.

Após a decisão do Plenário Virtual, a Confederação Nacional da Indústria requereu sua admissão no processo na condição de amicus curiae e a suspensão das ações que versam sobre o tema. O ministro Gilmar Mendes admitiu a CNI como amicus curiae e determinou a suspensão de todos os processos pendentes, individuais ou coletivos, que versem sobre a questão e tramitem no território nacional, nos termos do artigo 1.035, parágrafo 5º, do CPC, uma vez que o plenário virtual do STF reconheceu a repercussão geral do tema.

Processo: ARE 1.121.633


POR MAIARA COLPANI

Trabalhista

(11) 3185-0245

mcolpani@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

ARTIGO DE LUCIANA LANNA PUBLICADO NO VALOR ECONÔMICO | LICENCIAMENTO AMBIENTAL E A NOVA LEI GERAL

Publicada em: 06/07/2017O licenciamento ambiental é um dos instrumentos mais importantes de controle ambiental previsto na Política Nacional do Meio Ambiente. O procedimento vai além da simples concessão de um ato autorizativo, pois nas licenças são estabelecidas as condições de implantação e operação dos empreendimentos que têm por objetivo mitigar e compensar os impactos sobre…

VER MAIS

IV SIMPÓSIO DE DIREITO ATUAL (SINDA)

Os advogados João Vitor Kanufre Xavier da Silveira e Carlos Eduardo Navarro, do Viseu Advogados, participarão na próxima semana do IV Simpósio de Direito Atual (SINDA), organizado pelo Iberojur – Instituto Iberoamericano de Estudos Jurídicos, que ocorrerá na Università degli Studi ‘Mediterranea’ di Reggio Calabria (Itália). No simpósio, de abrangência internacional, eles apresentarão o artigo…

VER MAIS

PROJETO QUE PERMITE CONTROLE DE EMPRESAS AÉREAS POR ESTRANGEIROS AVANÇA NA CÂMARA

Avança na Câmara dos Deputados o projeto de lei que permite o controle de empresas aéreas com sede no Brasil por grupos de capital estrangeiro. De acordo com a proposta, o capital social das companhias aéreas com sede no País poderá ser totalmente estrangeiro, sem restrições. O projeto, que tramita desde 2015, está pronto para…

VER MAIS

2019 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa