Gustavo Artese debaterá dados pessoais no DATA PROTECTION FORUM

O número cada vez maior de incidentes de dados pessoais e as diferentes normas legais tem exigido das companhias um esforço especial para ser adequarem à proteção de dados pessoais. Ferramentas específicas, medidas de controle e procedimentos internos adequados, além da mudança da cultural organizacional já vêm sendo inseridos no ambiente empresarial para mitigar riscos e conter danos.

Mas como encontrar o melhor caminho para lidar com a proteção de dados em uma empresa e evitar os prejuízos à reputação e as pesadas sanções previstas nas novas legislações? Quais as implicações da criação da Agência Nacional de Proteção de Dados? Qual o papel do Data Protection Oficcer nas organizações?

Pioneiro na discussão das questões envolvendo proteção de dados e privacidade, a segunda edição DATA PROTECTION FORUM acontece dia 11 de junho, no WTC-SP, promovido pela TI INSIDE.

Fonte: TI Inside


POR GUSTAVO ARTESE

Digital

(11) 3185-0195

gartese@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

PAULO PRETO DIZ À RECEITA SER DONO DE 4 CONTAS NA SUÍÇA COM R$ 137 MILHÕES

O engenheiro Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto e apontado como operador de recursos ilícitos do PSDB, reconheceu diante da Receita Federal que é o dono de quatro contas abertas na Suíça. O saldo dessas contas soma 35 milhões de francos suíços, o equivalente a R$ 137,4 milhões. Ex-diretor da Dersa, empresa de…

VER MAIS

A Tributação de remessa para a ITÁLIA

A APLICAÇÃO DO ARTIGO 12 DA CONVENÇÃO BRASIL ITÁLIA Brasil e Itália possuem uma Convenção Destinada a evitar a Dupla Tributação e Prevenir a Evasão Fiscal em Matéria de Imposto sobre a Renda, aprovada pelo Decreto n. 85.985/1981. Tal Convenção prevê, em seu artigo 12, que os royalties, em regra, serão tributados no país de…

VER MAIS

STJ ANALISA CONTAGEM DE PRAZO DE PRESCRIÇÃO DE EXECUÇÃO FISCAL

A 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) poderá definir na quarta-feira uma questão importante para o Fisco. Os ministros irão retomar julgamento de recurso repetitivo que discute a contagem do prazo de cinco anos para prescrição de execução fiscal, em caso de redirecionamento de cobrança para sócios ou administradores.O recurso foi proposto pelo…

VER MAIS

2019 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa