Despejo de locatário só pode acontecer com fim do contrato, decide juiz

O despejo automático de locatário só pode acontecer se o contrato firmado já tiver vencido. Assim entendeu o juiz Helmer Augusto Toqueton Amaral, da 8ª Vara Cível de São Paulo, ao analisar pedido de despejo.

De acordo com o magistrado, a aplicação do artigo 74 da Lei do Inquilinato (8245/91), que prevê o despejo do locatário em ação renovatória, só é válido quando o prazo do contrato de locação tiver acabado.

O juiz apontou que, mesmo em caso de inadimplência, o locador proprietário precisa ajuizar uma ação de despejo autônoma. Na sentença, ele julgou improcedente a ação proposta pelo locatário entendendo que, embora ele tenha preenchido os requisitos legais, a inadimplência posterior invalidava o pedido. “Não consta nem o pagamento de fevereiro até a presente data, nem o de março, aliás também indicado como em aberto”, considerou.

Segundo a advogada que atuou no caso, Priscilla Szekely Mendes, a Justiça “reconheceu a regularidade e preenchimento dos requisitos para uma ação renovatória devem ser observados durante todo o período de vigência do contrato e não apenas no momento do ajuizamento da ação”.

A advogada do escritório Viseu Advogados, apontou ainda que o entendimento “é controverso e ainda não há uma pacificação sobre a aplicação desse dispositivo”.

Fonte: Conjur


POR PRISCILLA MENDES

Cível

(11) 3185-0180

pmendes@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

NOVA LEI DO DISTRATO IMOBILIÁRIO AUMENTA SEGURANÇA JURÍDICA

Depois de passar pelo Senado, onde foram sugeridas algumas emendas, a Câmara dos Deputados aprovou (5/11) o projeto de lei que regulamenta o chamado “Distrato Imobiliário”, para imóveis comprados ainda na planta. De autoria do deputado Celso Russomano (PRB-SP), o PL 1220/15 aumenta o percentual que poderá ser retido pela incorporadora, a título de multa…

VER MAIS

TRIBUNAL IMPEDE CONTRIBUINTE DE REGULARIZAR PAGAMENTO DE ICMS

O Tribunal de Impostos e Taxas (TIT) de São Paulo negou pedido de um contribuinte que tentou regularizar sua situação e recolher o ICMS devido antes de ser lavrado auto de infração e estabelecida multa. A solicitação foi baseada na Lei Complementar nº 1.320, de abril de 2018. A norma institui o Programa de Estímulo…

VER MAIS

ARTIGO DE GUSTAVO ARTESE NA CAPITAL ABERTO

Na teoria do caos, o “efeito borboleta” designa uma das características fundamentais dos sistemas dinâmicos não lineares. Segundo Edward Lorenz, matemático que cunhou o termo, nesses sistemas a dependência das condições iniciais é relevante e, caso sejam modificadas, mesmo que de forma insignificante, pode haver diferenças importantes no estado das coisas subsequente. Tanto a evolução…

VER MAIS

2019 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa