PRORROGADA MP QUE ADIA VIGÊNCIA DA LGPD PARA MAIO DE 2021

O Congresso Nacional tem mais dois meses para deliberar sobre a Medida Provisória 959/2020, que adia a entrada em vigor da Lei Geral da Proteção dos Dados Pessoais

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, prorrogou por mais 60 dias a Medida Provisória 959/2020, sobre Auxílio Emergencial em pandemia, que em um único artigo adia a entrada em vigor da LGPD (Lei Geral da Proteção dos Dados Pessoais), de agosto deste ano para maio de 2021. O documento foi publicado no Diário Oficial da União dessa segunda-feira, 29.PUBLICIDADE

O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, prorrogou por mais 60 dias a Medida Provisória 959/2020, sobre Auxílio Emergencial em pandemia, que em um único artigo adia a entrada em vigor da LGPD (Lei Geral da Proteção dos Dados Pessoais), de agosto deste ano para maio de 2021. O documento foi publicado no Diário Oficial da União dessa segunda-feira, 29.PUBLICIDADE

Se a MP 959 for rejeitada ou perder a validade, prevalecerá o começo da vigência para 14 de agosto de 2020, como estabelecido pela Lei 13.853, de 2019, responsável pela criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados. Já as sanções da lei passam a valer em agosto de 2021.

Segundo o advogado Gustavo Artese, do escritório Viseu, especialista em Proteção de Dados e Direito Digital, o maior problema hoje não é nem a incerteza quanto às datas de vigência da LGPD gerada pela sobreposição de leis e MP, mas a ausência de uma autoridade por fazer a legislação prevalecer.

“Isso afeta a imagem do Brasil em negócios no exterior por não ter uma instituição pela aplicação da legislação de proteção de dados”, afirmou. A seu ver, se ANPD haverá insegurança jurídica por conta de ações a serem desenvolvidas pelos Procons e pelo Ministério Pública para a aplicação da lei.

Segundo o advogado, o prazo para a apreciação da matéria vai depender se haverá ou não recesso do Congresso em junho. Assim, o prazo da MP para ser votada passará de agosto para setembro.

Fonte: TELE.SÍNTESE


POR GUSTAVO ARTESE

Digital

(11) 3185-0195

gartese@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

MORADORES ANTISOCIAIS PODEM SER EXPULSOS DE CONDOMÍNIOS

VER MAIS

DATA SHARING IN BRAZILIAN TELECOMS SECTOR SCRUTINISED

Brazilian telecoms companies Vivo, NET and Oi could face regulatory and legal action if the country’s main consumer protection organisation confirms reports that they share customer databases, observers have said. The Brazil Institute of Consumer Defence (IDEC) announced on 12 February that it had asked the telecoms companies to clarify reports that they share customer…

VER MAIS

REFORMA TRABALHISTA – NEGOCIADO SOBRE O LEGISLADO

No último dia 11, o Senado Federal aprovou o Projeto de Lei de Reforma da Legislação Trabalhista (PLC 38/2017), conforme aprovado anteriormente pela Câmara dos Deputados, seguindo a Lei para a sanção do Presidente da República (que pode vetar algum dispositivo aprovado pelo Congresso Federal), entrando em vigor em 120 dias após a promulgação. A…

VER MAIS

2020 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa