LGPD PODERÁ ENTRAR EM VIGOR EM 31 DE DEZEMBRO DE 2020

A Câmara dos Deputados aprovou ontem, dia 25/8, o novo texto da Medida Provisória 959.  

Segundo o texto aprovado a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD está prevista para 31 de dezembro de 2020. A vacatio legis para aplicação de penalidades e sanções permanece em agosto de 2021.

A Medida Provisória 959, com o novo texto, precisa agora ser apreciada e aprovada sem emendas pelo Senado até a próxima quinta-feira, dia 27/08, caso contrário perderá a sua eficácia e a LGPD entra em vigor neste mês de agosto de 2020, embora seu descumprimento somente possa ser punido a partir de agosto de 2021.

Já consta na pauta do Senado de hoje, 26/8, uma sessão deliberativa remota para apreciar a Medida Provisória 959.

O núcleo de Direito Digital do Viseu Advogados está acompanhando atentamente o assunto e se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos necessários.


POR GUSTAVO ARTESE

Digital

(11) 3185-0195

gartese@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

RECEITA FEDERAL ALTERA NORMAS PARA COMPENSAÇÃO, RESTITUIÇÃO E RESSARCIMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS.

A Instrução Normativa n° 1.810/18 publicada em 14 de Junho de 2018 alterou algumas normas gerais de tributação previdenciária modificando de forma benéfica algumas regras de compensação e restituição/ressarcimento de tributos federais, trazendo ao contribuinte maiores vantagens. A principal alteração é a possibilidade de compensação de créditos fazendários (federais) em previdenciários, possibilidade de compensação decorrente…

VER MAIS

SECURE TALKS WORKSHOP: PAPEL DOS SISTEMAS DE GOVERNANÇA DE DADOS NA ADEQUAÇÃO À LGPD

Em parceria com o P2P Talks do Viseu Advogados, a TI INSIDE lança a primeira edição do Workshop Secure Talks, com o tema o Papel dos Sistemas de Governança de Dados na Adequação à LGPD. O evento tratará dos riscos associados à proteção de dados e ferramentas de controle do DPO, previsto na Lei Geral…

VER MAIS

RECEITA FEDERAL INSTITUI OBRIGAÇÃO DE PRESTAR INFORMAÇÕES RELATIVAS A OPERAÇÕES FEITAS EM ESPÉCIE

A Secretaria da Receita Federal do Brasil publicou, no dia 20 de novembro de 2017, a Instrução Normativa nº 1.761, que estabelece que, a partir de 1º de janeiro de 2018, as pessoas físicas ou jurídicas, residentes ou domiciliadas no Brasil, deverão prestar informações relativas aos valores recebidos nas operações liquidadas em espécie, desde que…

VER MAIS

2020 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa