PROCON SP LANÇA CENTRAL DO SUPERENDIVIDAMENTO

Em vigor desde 02/07/2021, a Lei do Superendividamento (Lei 14.181/21) atualiza o Código de Defesa do Consumidor e o Estatuto do Idoso, ao incluir regras de prevenção ao superendividamento dos consumidores e prever audiências de negociação entre credor e devedor.

Por esta razão, a Fundação Procon de São Paulo anunciou a criação de uma central de negociações “para agilizar e facilitar a vida do consumidor em situação de superendividamento”.

O início de funcionamento desta central está marcado para o mês de agosto, diretamente através do site do Procon-SP, que disponibilizará um formulário para preenchimento do consumidor, o qual deverá assumir-se na condição de superendividado, indicando seus credores, valor da dívida e sugestões para quitação dos débitos, por um prazo de até 05 anos.

Maiores informações poderão ser obtidas diretamente no site do Procon-SP, através deste link.


POR RICARDO MARTINS MOTTA

Consumidor

(11) 3185-0122

rmotta@viseu.com.br

LEIA TAMBÉM...

ENTRE LÁGRIMAS E LENÇOS, 2020 FOI O ANO DAS STARTUPS

O jornal “o Estado de São Paulo”, publicou na coluna de Fausto Macedo, o artigo escrito por Paulo Bardella, sócio da área de direito societário do Viseu Advogados, onde faz um balanço sobre crescimento das startups em 2020, durante a pandemia da Covid-19 e as perspectivas para 2021.

VER MAIS

PERMUTA DE IMÓVEIS ENTRE EMPRESAS NA SISTEMÁTICA DO LUCRO PRESUMIDO NÃO DEVE SER TRIBUTADA PELO IRPJ

A Câmara Superior de Recursos Fiscais decidiu, em caso inédito, que permuta de imóveis entre empresas na sistemática do lucro presumido não deve ser tributada pelo IRPJ. A discussão versa acerca do entendimento da Receita Federal, que defende que a operação de permuta deve ser tributada em sua totalidade, pois também compõe a receita bruta da pessoa jurídica, mesmo que não envolva dinheiro.

VER MAIS

CARLA RAHAL NO ESTADÃO E FOLHA DE S. PAULO

Bolsonaro sanciona lei que endurece pena para crime online Folha de S. Paulo O governo Bolsonaro sancionou a lei que altera o Código Penal para endurecer as penas para crimes cibernéticos. Em vigor a partir desta sexta-feira (28), a lei 14.155 quadruplica a punição para quem invade computadores ou celulares para obter, adulterar ou destruir…

VER MAIS

2021 Viseu Advogados - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por: mufasa